Técnicas da Terapia Cognitiva Comportamental e Ansiedade

Terapia Cognitiva Comportamental tratamento para Ansiedade

Se você sofre de ataques de pânico, pensamentos obsessivos, preocupações implacáveis​​, ou uma fobia, você pode ter um transtorno de ansiedade. Mas você não tem que viver com a ansiedade e o medo. O tratamento pode ajudar, e para muitos problemas de ansiedade, a Terapia Cognitiva Comportamental é particularmente benéfica. Este tratamento pode ensiná-lo a constrolar seus níveis de ansiedade, para os pensamentos preocupantes, e superar seus medos.

Quando se trata de tratamento de distúrbios de ansiedade, pesquisas mostram que a terapia é geralmente a opção mais eficaz. Isso porque a terapia, ao contrário da medicação trata mais do apenas os sintomas do problema. A terapia pode ajudá-lo a descobrir as causas subjacentes de suas preocupações e medos; aprender a relaxar; olhar para as situações de uma nova maneira e desenvolver habilidades para resolver problemas. A Terapia Cognitiva Comportamental vai lhe dar ferramentas para superar a ansiedade e vai ensiná-lo como usá-las.

Os transtornos de ansiedade diferem consideravelmente, por isso o tratamento deve ser adaptado para os seus sintomas e preocupações específicas. Se você tem transtorno obsessivo-compulsivo, o seu tratamento será diferente de alguém que está recebendo ajuda para ataques de ansiedade. A duração da terapia também irá depender do tipo e severidade do seu problema.

Terapia Cognitiva Comportamental 1

A terapia comportamental cognitiva pode ser usada sozinha ou em combinação com outros tipos de terapia. Ela também pode ser realizada sozinha ou em um grupo de pessoas com problemas de ansiedade semelhantes.

A terapia cognitiva comportamental para ansiedade

A terapia cognitiva comportamental (TCC) aborda padrões negativos e distorções na forma como olhamos para o mundo e nós mesmos. Tal como o nome sugere, este envolve dois componentes principais:

– A terapia cognitiva examina como os pensamentos negativos, ou cognições, contribuem para a ansiedade.
– A terapia comportamental examina como você se comporta e reage em situações que provocam ansiedade.

A premissa básica daterapia cognitivo-comportamental é que os nossos pensamentos, não para acontecimentos externos, afetam a maneira como nos sentimos.Em outras palavras, não é a situação que você está que determina como você se sente, mas a sua percepção da situação.

Terapia Cognitiva Comportamental 2

Um mesmo acontecimento pode levar a emoções completamente diferentes em pessoas diferentes. Tudo depende de nossas expectativas individuais, atitudes e crenças. Para as pessoas com transtornos de ansiedade, formas negativas de pensar alimentam as emoções negativas de ansiedade e medo. O objetivo da terapia cognitivo-comportamental para a ansiedade é identificar e corrigir esses pensamentos e crenças negativas. A ideia é que, se você mudar a maneira de pensar, você pode mudar a forma como você se sente.

A reestruturação cognitiva é um processo em que você desafia os padrões de pensamento negativos que contribuem para a sua ansiedade, substituindo-os por pensamentos mais realistas e positivos. Isso envolve três passos:

– Identificar seus pensamentos negativos. Com transtornos de ansiedade, situações são percebidas como mais perigosas do que elas realmente são. Para alguém com uma fobia de germes, por exemplo, apertar a mão de outra pessoa pode parecer uma ameaça à vida. Embora você possa facilmente ver que este é um medo irracional, identificar seus próprios medos irracionais, pode ser muito difícil. Uma estratégia é perguntar a si mesmo o que você estava pensando quando você começou a sentir-se ansioso. Seu terapeuta irá ajudá-lo com este passo.
– Desafiando seus pensamentos negativos. Na segunda etapa, o terapeuta irá ensiná-lo a avaliar os pensamentos que provocam ansiedade. Trata-se de questionar a evidência de seus pensamentos assustadores, analisando crenças inúteis e testar a realidade das previsões negativas. Estratégias para pensamentos negativos desafiadores incluem experimentos condutores, pesando os prós e os contras de se preocupar ou evitar a coisa que você teme, e determinar as chances de se ficar ansioso.
– Substituir pensamentos negativos por pensamentos realistas. Depois de identificar as previsões irracionais e distorções negativas em seus pensamentos ansiosos, você pode substituí-los por novos pensamentos que são mais precisos e positivos.

Terapia Cognitiva Comportamental 3

Substituir pensamentos negativos por outros mais realistas é mais fácil dizer do que fazer. Muitas vezes, os pensamentos negativos são parte de um padrão de pensar ao longo da vida. É preciso prática para quebrar o hábito. É por isso que a terapia comportamental cognitiva inclui praticas que devem ser feitas em casa, que incluem:

– Aprender a reconhecer quando você está ansioso e o que sente no corpo
– Aprender habilidades para enfrentar e técnicas de relaxamento para combater a ansiedade e pânico
– Confrontar os seus medos (seja em sua imaginação ou na vida real)

Terapia Cognitiva Comportamental 4




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *