Fotos do Resort Nazista Prora na Ilha de Ruegen

Ao longo da costa da Alemanha, um resort nazista agora é destino de luxo

Os nazistas construíram o Resort Nazista, na ilha alemã de Ruegen, na década de 1930, mas o abandonaram durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje o complexo turístico de Prora é um destino de férias sofisticado que guarda uma parte triste da história alemã que não deve ser esquecida.

A arquitetura foi uma das paixões de Adolf Hitler, e ele encomendou centenas de edifícios e arenas inspiradas na Roma imperial para intimidar.

Adolf Hitler ordenou a construção de um resort de férias na ilha de Rügen chamado Prora. Entre 1936 e 1939, os trabalhadores construíram uma estrutura de tijolos e concreto com mais de 4 quilômetros de comprimento capaz de acomodar 20 mil moradores.

No entanto, os planos foram abandonados em 1939 quando a Segunda Guerra Mundial estourou e o Terceiro Reich concentrou sua atenção no esforço de guerra. Este sonho nazi fracassado foi abandonado durante muitas décadas até 2013, quando a empresa alemã de imóveis, Metropole Marketing, comprou os direitos de reconstrução do resort à beira-mar.

O novo empreendimento, o Prora Solitaire, é composto por “Prora Solitaire Hotel Apartments and Spa” e “Prora Solitaire Home” com unidades com vista para o oceano de frente para a praia e para o Mar Báltico. 95% do projeto já foi vendido. A conclusão das obras de restauração estão previstas para até 2020.

As obras da época nazista são um legado que a Alemanha tem lutado para apagar reutilizando ou simplesmente demolindo as estruturas da era nazista. O Escritório Federal para Migrações e Refugiados, por exemplo, utiliza o prédio de um antigo quartel da SS em Nuremberg, enquanto o Ministério das Finanças alemão assumiu o prédio de aviação nazista em Berlim.

O esconderijo de Berlim onde Hitler passou os últimos dias foi reduzido a um estacionamento.




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *