Dicas Simples e Rápidas de Como Acelerar o seu Wi-Fi

Formas baratas e simples para acelerar o Wi-Fi na sua casa ou escritório

A súbita desaceleração da rede causada por uma conexão Wi-Fi inconsistente é um fato comum. Existem muitas razões pelas quais o seu Wi-Fi as vezes parece desacelerar (e o pior é que acontece nas horas mais inoportunas) – congestionamento de sinal, localização física, problemas de firmware, limitações de hardware ou talvez seu espaço seja muito grande para a cobertura do seu roteador.

Há alguns anos atrás a maioria das famílias podiam ter um roteador de banda única para manter vários dispositivos conectados conectados à rede doméstica. Com a explosão de gadgets pessoais, no entanto, é difícil encontrar uma casa que não tenha vários dispositivos conectados a ele. Smartphones, vídeo games, tablets e laptops agora competem pela mesma banda larga disponível dentro da sua casa.

Se você está constantemente perdendo seu sinal Wi-Fi, experimentando transmissão de vídeo lenta com buffering constante ou aguardando mais tempo do que o normal para as páginas da internet carregar, aqui estão algumas dicas simples e rápidas de como acelerar as coisas.

 

1 – Atualize o software do seu roteador

Esta deve ser a primeira coisa a se fazer – verifique o mais recente firmware do seu roteador.

Verificar atualizações é um passo crítico para o seu computador, gadgets e software e aplicativos instalados.

Há duas razões para isso. Primeiro, você pode aproveitar todos os novos recursos e melhorias da nova versão do firmware. Em segundo lugar, a segurança do seu sistema fica atualizado.

Normalmente, você terá a opção de verificar, revisar, baixar e instalar o novo firmware do roteador em sua página de administração. Depende do seu modelo de roteador, então verifique o manual do usuário para obter instruções detalhadas sobre como fazer isso.

Tenha em mente, no entanto, que as atualizações de firmware do roteador exigem uma reinicialização, portanto, certifique-se de que você não possui atividades em curso que exijam uma conexão de rede quando você aplicar a atualização.

Recomenda-se verificar as atualizações do firmware do roteador pelo menos uma vez a cada três meses.

2-Procure interferências

Você sabia que aparelhos comuns como telefones sem fio, alto-falantes Bluetooth, fornos de microondas e monitores de bebê podem afetar a velocidade da sua rede Wi-Fi?

Isto é particularmente verdadeiro com os roteadores mais antigos que só podem operar na freqüência de 2,4 GHz e a interferência de outros aparelhos pode fazer a conexão ficar mais lenta e a conectividade imprevisível.

Além disso, evite colocar seu roteador Wi-Fi perto de aparelhos de 2,4 GHz, como os que eu mencionei acima.

Para tornar a sua vida mais fácil, você pode encontrar o melhor lugar para colocar seu roteador usando um dos aplicativos de mapeadores para Wi-Fi gratuitos para ajudar você a ver onde os sinais Wi-Fi são mais fortes em sua casa ou escritório.

3 – Alterar canais

O próximo ajuste que você pode fazer é selecionar o canal do seu roteador, especialmente se você estiver na freqüência de 2,4 GHz.

Como mencionei anteriormente, a frequência de 2,4 GHz é particularmente congestionada porque, além de outros roteadores Wi-Fi em sua vizinhança, outros aparelhos ocupam essa banda. Passar para um canal menos cheio pode ajudar acelerar as coisas.

Para verificar o melhor canal de 2,4 GHz para a sua área ou o canal menos utilizado, tente usar um scanner Wi-Fi.

Macs

Para Macs, a Apple fornece uma ferramenta gratuita chamada “Diagnóstico sem fio”. Para chegar a ele, mantenha pressionada a tecla Opção ao clicar no ícone Wi-Fi no lado direito da barra de menu e escolha “Abrir Diagnósticos sem fio”.

Para acessar a ferramenta Digitalizar, ignore a janela real de Diagnóstico sem fio e vá imediatamente para a Janela no lado superior esquerdo da barra de menu e escolha Verificar.

Isso abrirá uma lista de todos os sinais Wi-Fi em sua vizinhança e do canal que eles ocupam, entre outras informações úteis.

Windows

Para o Windows, tente baixar o utilitário Wi-Fi gratuito, o Acrylic Wi-Fi Home. Semelhante à ferramenta Mac’s Scan, esta aplicação fornecerá instantaneamente informações sobre os sinais Wi-Fi em sua área, incluindo os canais que eles utilizam.

Para usuários do Android, há um monte de ferramentas de digitalização Wi-Fi disponíveis, mas a mais popular é o Network Analyzer.

Os canais recomendados para 2.4GHz são 1, 6 e 11, uma vez que não se sobrepõem. Basta escolher um entre estes que é menos frequentado, e avalie suas melhorias.

4-Coloque as crianças na sua própria rede e ative a QoS

Além de configurar configurações parentais para proteger seus filhos de problemas na web, você pode colocá-los em uma rede separada com seu próprio conjunto de regras e configurações.

Você pode fazer isso configurando um roteador Wi-Fi completamente diferente ou simplesmente habilitando a opção “Convidado Rede” do seu roteador, uma característica popular para a maioria dos roteadores.

As redes de convidados são destinadas aos visitantes de sua casa que podem precisar de uma conexão de internet Wi-Fi, mas você não deseja que elas ganhem acesso aos arquivos e dispositivos compartilhados da sua rede. Essa segregação também funcionará para seus aparelhos inteligentes e pode proteger seus dispositivos de ataques específicos a Internet das Coisas.

Outra configuração que você pode ativar para acelerar as coisas para tarefas específicas é o QoS (Quality of Service).

QoS é um recurso em roteadores que permitirá que você priorize o tráfego de acordo com o tipo de dados que são transmitidos.

Você poderia configurar aplicativos sensíveis à latência como Skype, telefonia IP, mídia de streaming e jogos online para ter maior prioridade em relação a outros tipos de atividade.

Hipoteticamente, digamos que você está baixando um arquivo (atividade sensível a latência) e, de repente, você recebe uma chamada de vídeo Skype (atividade sensível à latência), seu roteador irá direcionar os recursos da banda larga para a chamada do Skype, se necessário, diminuindo o seu download de arquivos Enquanto você estiver no Skype.

Diferentes roteadores têm diferentes maneiras de lidar com o QoS e a maioria dos roteadores disponíveis para consumidores tem formas mais simples de habilitá-lo. Basta verificar o manual do seu roteador para obter informações sobre o que cada um faz.

5 – Compre um novo roteador AC 802.11

Se você estiver pensando em um novo roteador e quiser que a velocidade do Wi-Fi da sua casa ou escritório melhore, uma boa opção é um roteador do tipo AC 802.11 com capacidade de banda larga dupla ou tripla.

Novos padrões Wi-Fi significam melhores recursos. Os roteadores “AC” são tecnologicamente melhores do que os modelos “B” e “G” mais antigos e até modelos “N”. Eles têm mais recursos e oferecem melhor desempenho.

Os roteadores AC têm uma largura de banda máxima espectral de cerca de 8 x 160 MHz, em comparação com o padrão 4 x 40 MHz de roteadores N. Em outras palavras, o aumento da largura da banda permite que mais dados sejam transmitidos sem desaceleração.

Além disso, ao ter várias bandas, você poderia manter dispositivos mais velhos de 2,4 GHz em suas próprias bandas, mantendo novos dispositivos que suportam os mais recentes padrões Wi-Fi nas bandas mais altas. Isso é essencialmente como ter roteadores múltiplos em um único dispositivo e pode resolver os problemas de interferência e congestionamento que mencionei anteriormente.

Os novos roteadores AC também possuem recursos avançados não encontrados em roteadores mais antigos. Procure especificações como beamforming, Multiple-In-Multiple-Out (MIMO), múltiplos conectores USB 3.0 e portas Gigabit Ethernet.

Alguns roteadores topo de linha estão mesmo começando a implementar suporte para o protocolo AD mais novo, também conhecido como Wi-Gig.

Dica extra

Se você tem uma casa grande ou um escritório que requerem velocidades de rede consistentes, vale a pena investir uma rede Wi-Fi de malha.

Ao contrário dos roteadores Wi-Fi padrão que exigem extensores para maior alcance, os roteadores de malha topo de linha são projetados para espalhar a cobertura da rede Wi-Fi com o uso de múltiplos pontos de acesso ou satélites.

Estes sistemas geralmente vêm em conjuntos de duas ou três unidades separadas que trabalharem juntas para envolver sua casa ou escritório com cobertura Wi-Fi.



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *