Dicas de Alimentos para Melhorar a Elasticidade da Pele em Idosos

Envelhecimento da pele é inevitável, mas a nutrição adequada melhora a elasticidade

Assim como iniciar um treino em qualquer idade é benéfico para a sua saúde, nunca é tarde demais para incluir alguns alimentos na dieta para melhorar a elasticidade da pele em idosos.

O envelhecimento da pele é inevitável

O colágeno é um componente da pele que aumenta a elasticidade. Estima-se que perdemos uma média de um por cento do colágeno da nossa pele todos os anos, a partir dos 20 anos, e a pele que está significativamente exposta aos raios UV do sol perde o colágeno ainda mais rapidamente.

Mesmo aqueles que evitam raios de sol excessivos, seguem regimes de beleza restritos, e tratamentos de pele regulares, eventualmente, começam a mostrar sinais de envelhecimento da pele. Sim, esses tratamentos e medidas preventivas podem potencialmente atrasar o processo de envelhecimento, mas às vezes, adicionar um impulso extra a esses esforços vale a pena.

Seguir uma dieta que inclui alimentos que ajudam a melhorar a elasticidade da pele no envelhecimento é uma boa prática, pois ele cuida do corpo e da pele de dentro para fora. Isto é provável que tenha um efeito maior e mais duradouro sobre não apenas a nossa pele, mas a nossa saúde geral.

Dicas de alimentos que ajudam a melhorar a elasticidade no envelhecimento

Muitas dietas e tratamentos de beleza melhoram a saúde e a qualidade da nossa pele, mas os “alimentos de beleza”, como são conhecidos, promovem uma variedade de qualidades que melhoram a pele, de alterar o tom da pele e aumentar o brilho, para melhorar a firmeza da pele.

Se você quer melhorar especificamente a elasticidade da sua pele, experimente uma dieta rica nos seguinte alimentos:

Proteínas de soja – são ricas em aminoácidos, vitamina E e muitos antioxidantes. Esses componentes específicos da soja ajudam a pele a manter a umidade, suavidade a aparência geral e melhorar a elasticidade.
Corações de alcachofra – cheios de ácido fólico, vitamina C, potássio e biotina, esses ingredientes ajudam a suportar o colágeno e a firmeza.
Morangos – estes contêm vitaminas B, antioxidantes e fibras que, quando combinados, são essenciais para a estrutura do colágeno e da elastina, que contribuem para a firmeza e elasticidade da pele.
Amoras – semelhantes aos morangos, estes melhoram o colágeno e a elasticidade porque são uma excelente fonte de vitaminas E e C com uma grande quantidade de antioxidantes.
A água – seja ela com gás, engarrafada ou a água da torneira, beber uma média de oito copos por dia garantirá um bom nível de hidratação a pele que suporta a elasticidade geral.

Embora os alimentos mencionados acima representem apenas uma pequena parte do que pode ser comido em uma dieta diária, o uso destes como componentes de uma dieta saudável global proporcionará benefícios para a pele e o corpo.

Alimentos adicionais

Todos nós investimos muito dinheiro na compra de produto de beleza lançados pelas industriais de cosméticos quando se trata de reduzir o processo de envelhecimento. Mas há um valor muito maior quando se trata de produtos que tem como base pesquisas científicas.

Em um estudo do Dr. Pierfrancesco Morganti, professor de dermatologia cosmética aplicada na Universidade de Nápoles, ficou comprovado que o uso de tratamento oral e tópico combinado com Luteína aumenta a elasticidade da pele em 20% e a hidratação em 60%. A luteína pode ser encontrada em:

Vegetais de folhas verdes escuras, como espinafre, couves
Brócolis
Milho
Gemas de ovo

A luteína deve ser ingerida diariamente quer por meio de alimentos naturais como os listados acima ou por suplementos de luteína.

Ao explorar alimentos que ajudam a melhorar a elasticidade da pele no envelhecimento da pele, os conselhos podem variar. No entanto, uma vez que você se familiarize com componentes vitais, como vitaminas e minerais, será mais fácil relacionar esta informação com os alimentos que você come. É verdade dizer que permanecer jovem e evitar o inevitável processo de envelhecimento não é fácil, mas pode ser incorporado em uma rotina diária, se a sua dieta estiver no centro do seus esforços.



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *